sexta-feira, dezembro 16, 2011

Debate: final de ano e expectativa para uma nova temporada

Por Luciano Bonfoco Patussi
16 de dezembro de 2011
Postado em: www.inter-clubedopovo.blogspot.com

Finalizada a temporada de futebol em 2011, é momento de fazer uma reflexão sobre os fatos que marcaram o ano, e também projetar as competições que se aproximam em 2012. No caso específico do Internacional, muito os torcedores tem a discutir, tanto no futebol, quanto fora das quatro linhas. Tudo isso visando o aperfeiçoamento do time e da gestão do clube como um todo. De forma sucinta, descrevo abaixo vários tópicos para reflexão e debate entre os torcedores do Internacional:

INTER 2011: a temporada que se encerra deixou para o Internacional o legado do 40º título gaúcho e também mais uma conquista internacional, a Recopa Sul Americana. Entretanto, em momentos decisivos de competições de nível técnico superior, como no campeonato brasileiro e na Copa Libertadores, o time sofreu certa instabilidade em algumas atuações, fato que comprova a necessidade de alguns pontuais reforços. Não é momento de uma “revolução” no elenco. Mas é preciso uma oxigenada. Isso é óbvio e os resultados das principais competições em 2011 comprovam isso. É preciso valorizar ainda mais a base e obter reforços pontuais para posições em que o grupo é carente.

ATAQUE VERMELHO 2012: muito a mídia e o próprio clube admitem a negociação em andamento com Dagoberto. O atacante tricolor é um jogador muito bom tecnicamente e, ao se adaptar ao Internacional, poderá ser um reforço decisivo. Só creio que o clube não deve ficar “preso” em apenas um nome. É preciso ter “cartas na manga”, ainda mais em um setor onde o time necessita reforçar o elenco. Vejo Éder Luis, do Vasco da Gama, que pertence ao Benfica de Portugal, como um jogador de boa qualidade. Seria uma opção.

DEFESA COLORADA 2012: vejo que o elenco colorado necessita de um reforço na defesa. Um jogador que chegue com condição técnica de ser titular do time. Pode ser um atleta já formado, caso de Victorino, jogador do Cruzeiro e também da qualificada seleção uruguaia, ou pode ser um jovem que busca alavancar sua carreira com um grande desafio, caso de Rafael Tolói, do Goiás. A mídia comenta a possibilidade de Manoel, do Atlético Paranaense. É um nome que pode ter condições de atuar na equipe e crescer como atleta.

SAÍDAS: há atletas que, apesar de todo o serviço prestado ao clube, eu consideraria negociáveis neste momento, casos principalmente de Bolívar, Andrezinho e do próprio Glaydson, até mesmo para dar uma oxigenada na carreira dos atletas citados e também para “abrir espaço” para jovens que estão surgindo da base. Havendo propostas, é importante considerá-las. Há outros jogadores que já foram liberados e que, em minha visão, a dispensa foi a decisão mais correta no momento, de modo geral. Quanto a Wilson Matias, não vejo esperança em uma crescente técnica deste atleta dentro do Internacional. O clube poderia aproveitar a aliança estratégica com o América do México e buscar uma negociação do volante, já que ele possui muita moral no futebol mexicano.

JOVENS: a temporada 2011 serviu para termos algumas boas afirmações de jovens que buscaram seu espaço dentro do elenco com muita competência, casos de Muriel, Juan, Rodrigo Moledo, Oscar, do próprio Leandro Damião, entre alguns outros. A temporada 2012 poderá servir para afirmar estes e ainda buscar novas alternativas “pratas da casa”, como os casos de Dalton, Romário, Élton, João Paulo, Dellatorre, e outros mais. Tem ainda o atacante Gilberto, contratado junto ao Santa Cruz de Recife. Gilberto é um jogador que, em minha visão, o Internacional deve cuidar com bastante atenção. Creio que ele tenha potencial para se tornar um grande jogador em médio prazo. Se não “estourar” no Inter, algum outro clube vai aproveitar e o jogador terá grande oportunidade de “deslanchar” fora do Beira Rio.

REEBOK: é importante ressaltar a relevância que teve a parceria entre Internacional e Reebok. Esta marca participou ativamente nos últimos anos do clube e ajudou no crescimento da entidade, tanto fornecendo material esportivo qualificado, como buscando sempre evoluir em diversos quesitos. Além disso, participou ativamente no processo de construção do Museu do Inter, sonho antigo e que há décadas o Internacional não só sonhava, mas precisava realizar. Foi uma grande e inadiável realização.

NIKE: como tudo na vida, nos negócios também é preciso estarmos sempre atentos a novas oportunidades. A Nike busca entrar forte no mercado nacional, já tendo fechado acordo com clubes populares de diversas capitais brasileiras, entre eles, o Internacional. A partir de 2012, o material esportivo do Internacional será da Nike, empresa que irá prestar forte apoio financeiro aos cofres do clube. Sobre o modelo dos uniformes, apenas deixo uma dica para a Nike: “simplicidade e objetividade”. O uniforme do Inter é marcante devido a sua simplicidade. O vermelho sem “frescuras”, modelo instituído pela Reebok nos últimos anos, deve ser mantido. Se assim for, será um sucesso!

GIGANTE PARA SEMPRE: o Conselho Deliberativo aprovou na noite de ontem a parceria com a Andrade Gutierrez. Primeiramente, vejo que um modelo de parceria deveria ser aprovado. Se não fosse com a Andrade Gutierrez, deveria ser com outra empresa. O problema maior é a “pressão” sofrida devido a Copa do Mundo. A FIFA quer a parceria com a Andrade Gutierrez. Caso contrário, a Copa não seria no Beira Rio. Acho que o Inter precisaria de um período maior para receber outras propostas, de outras construtoras, visando escolher a melhor alternativa para, em parceria, modernizar o Beira Rio. Neste caso, o clube poderia perder a disputa do mundial, mas isso não seria um grande problema.

Sou favorável ao fechamento de uma parceria para tocar este tipo de empreendimento, porém, há alguns pontos que eu acho que deveriam ser considerados: primeiramente, creio que 20 anos é muito tempo para “pagar” a obra. Isso deveria ser revisto; em segundo lugar, para finalizar, ouvi boatos de que a construção do CT seria um negócio à parte da negociação, o que não me agradaria, pois assim sendo, mesmo com a parceria sendo efetivada por 20 anos, o Internacional seguiria carente, por um bom tempo, de um Centro de Treinamentos. Gostaria que essa informação fosse confirmada, ou desmentida.

FUTSAL: há informações de que o Internacional estaria reativando o departamento de Futsal, modalidade que deu ao clube muitos títulos, entre estaduais, nacionais, continentais e o mundial interclubes de 1997, sendo obtido após uma vitória contra o Barcelona, no Gigantinho. Se confirmar, isso é um fato que muito me agradaria. Seria o Campeão de Tudo voltando também às quadras, para competir e tentar vencer tudo de novo!

DESTAQUES

ESPECIAL DO CENTENÁRIO:
História Colorada e Fotos Antigas

ENTREVISTA: Delegado Poppe

O INTER NA REVISTA PLACAR

POESIAS COLORADAS


 Clique aqui para adicionar o Supremacia Colorada ao seu leitor de RSS favorito!

ASSINATURA

Receba diariamente o Supremacia Colorada em sua caixa postal!

Cadastre seu e-Mail aqui!

Ou adicione direto ao Google Reader!
Clica Aqui!

CONTATO DIRETO


O Blog Supremacia Colorada é administrado por Tiago Vaz, Conselheiro do Sport Club Internacional. Para entrar em contato diretamente com o administrador do Blog, por favor envie um e-mail para blog.supremacia.colorada no gmail

Leitores e Amigos no Google+

COMUNIDADE


Participe da nossa comunidade no Orkut!

Translate

Marcadores