segunda-feira, maio 16, 2011

INTER 40 VEZES: CAMPEÃO GAÚCHO 2011

Virada histórica em pleno Olímpico: Inter vence Grêmio e é campeão


Pode gritar com orgulho, colorado: É campeão!!!! O Inter foi um gigante no Olímpico e conseguiu superar todas as dificuldades para conquistar a taça do Campeonato Gaúcho de 2011. O time colorado largou a atrás no placar, reagiu e marcou três gols, mas sofreu mais um nos instantes finais do segundo tempo, tendo que juntar novamente forças para decidir tudo nos pênaltis.

Com a serenidade dos campeões natos, o Inter foi eficiente nas penalidades máximas e venceu novamente, desta vez por 5 a 4. Enfim, após uma semana de muita mobilização no Beira-Rio, o Inter pôde comemorar o título na casa do rival. A taça foi erguida às 18h28min no gramado do Olímpico, para deleite da maior e melhor torcida do Rio Grande!


Grupo colorado comemora: Inter calou mais de 40 mil torcedores no Olímpico 

> Galeria de fotos da conquista <

Jogo elétrico

O Grêmio tentou se impor desde os instantes iniciais do Gre-Nal 387, mas o time colorado foi firme nas jogadas e conteve o ímpeto do time da casa. Aos poucos, o Inter começou a apostar nos contra-ataques em velocidade. Aos 5min, após bola cruzada da esquerda, Leandro Damião cabeceou para defesa tranquila de Victor.

O jogo seguiu bastante truncado nos dez primeiro minutos, com muitas faltas. Os dois times demonstravam muito vigor em cada lance, mas sem que ninguém conseguisse criar oportunidades claras de gol. Aos 11min, Douglas cobrou escanteio com efeito e bola bateu no travessão antes de sair por trás do gol.

Grêmio larga na frente

O panorama da final ficou ainda mais complicado para o Inter aos 15min, quando Lúcio recebeu grande lançamento de Douglas e chutou na saída de Renan para fazer 1 a 0. Aos 18min, Júnior Viçosa invadiu a área e chutou para defesa salvadora de Renan, que espalmou para escanteio.

O time colorado tinha dificuldade em vencer a marcação adversária no meio-campo. Enquanto isso, o Grêmio tentava chegar ao segundo gol. Aos 23min, Douglas chutou de fora da área e a bola passou rente à trave direita.

Falcão mexe no time e reação tem início

Aos 28min, o técnico Paulo Roberto Falcão alterou o esquema, colocando Zé Roberto no lugar de Juan. O time, que havia começado o clássico no 3-6-1, voltou para o 4-4-2. Um minuto depois, Leandro Damião cabeceou para grande defesa de Victor, que se esticou todo para evitar o empate.

Na sua primeira participação, aos 31min, Zé Roberto foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para a área, onde Damião conseguiu vencer a marcação e chutar cruzado para empatar o clássico. A bola ainda tocou na trave antes de entrar: 1 a 1. Foi o 21º gol do camisa 9 na temporada. No Gauchão, foi o 17º do artilheiro.

Aos 32min, quase a virada: Andrezinho cobrou falta e Índio desviou de cabeça ao lado do gol, com muito perigo. O Grêmio respondeu aos 34min, em um chute de Leandro que passou perto da trave esquerda. A partir de então, o jogo ficou ríspido, com muitas faltas e pouco futebol.

Andrezinho faz 2 a 1!

O Inter pressionou nos acréscimos com duas cobranças de escanteios sucessivas e chegou à virada espetacular. Aos 46min Zé Roberto alçou para a área, a zaga afastou e Andrezinho chutou da meia-lua, com categoria, no cantinho esquerdo. 2 a 1 para o Campeão de Tudo no Olímpico!!! O Inter foi para o intervalo precisando de mais um gol.

Inter luta pelo terceiro

O segundo tempo começou com o Inter pressionando. Porém, estava difícil de conseguir a conclusão. O Grêmio se fechava bem. Aos 11min, Zé Roberto cruzou da direita e Leandro Damião, da pequena área, desviou sobre o gol. Quase o terceiro. Mas o Grêmio chegou forte na jogada seguinte: Junior Viçosa desviou rente à trave esquerda de Renan. Aos 18min, Douglas cabeceou para defesa segura do goleiro colorado.

De pênalti, D'Alessandro faz 3 a 1

Aos 27min, Zé Roberto invadiu a área pela esquerda e foi derrubado por Victor. Pênalti! D'Alessandro cobrou com muita categoria, no cantinho esquerdo de Victor: 3 a 1! O placar servia para o Inter ser campeão.


D'Alessandro deixou sua marca no clássico que decidiu o título (Alexandre Lops)

Borges desconta

Mas o Gre-Nal ficou dramático quando, aos 35min, Renan não conseguiu segurar um cruzamento e Borges, que havia entrado no lugar de Leandro minutos antes, descontou para o Grêmio. O placar de 3 a 2 levava a decisão para os pênaltis.

Aos 43min, Zé Robertou chutou de fora da área e Victor defendeu para escanteio. Aos 45min, Lins, substituto de Júnior Viçosa fez o giro e chutou forte para defesa de Renan. Pouco depois, Lins chutou ao lado do gol colorado, com muito perigo. Aos 47min, D'Alessandro soltou uma pancada e Victor defendeu em dois tempos. Foi o último lance do tempo normal.

Decisão nos pênaltis

Assim como foi na final da Taça Farroupilha, o Inter teve que encarar mais uma decisão por pênaltis contra o rival. Douglas abriu a série e fez 1 a 0. D'Alessandro cobrou alto, no canto esquerdo, e empatou para o Inter. Willian Magrão chutou a segunda e Renan defendeu no canto direito. Porém, Victor defendeu a cobrança de Damião, mantendo o empate. Rochemback converteu para o Grêmio. Kleber cobrou e Victor defendeu mais uma vez. Lúcio chutou no canto esquerdo e Renan buscou, evitando o gol. Oscar bateu forte no canto direito e empatou para o Inter: 2 a 2. Lins fez 3 a 2 para o Grêmio. Bolatti converteu a quinta cobrança para o time colorado: 3 a 3.


Zé Roberto converte o pênalti e garante o primeiro título da temporada 2011

Nas cobranças alternadas, Rodolfo fez 4 a 3 para o Grêmio. Nei empatou novamente para o Inter, chutando no cantinho direito. 4 a 4. Na sequência, Adilson chutou e Renan defendeu! Zé Roberto cobrou e fez 5 a 4!!!!

INTERNACIONAL CAMPEÃO DO GAUCHÃO 2011

"O Inter é grande. É campeão. Se ganha dentro de campo, não nas provocações", destacou Bolívar.

"Foi uma vitória linda. Revertemos a desvantagem com muita luta", afirmou Renan.

"Esse título é para a torcida, que acreditou todo o tempo, mesmo nos momentos mais difíceis", creditou o técnico Paulo Roberto Falcão.

"O torcedor que esteve sempre ao nosso lado merece este título. Fomos fortes e vencemos o Gauchão", comemorou o vice-presidente de futebol Roberto Siegmann.

"Jogamos com inteligência e buscamos o título na casa do adversário", disse o presidente Giovanni Luigi.

Grêmio (2)(4): Victor; Mário Fernandes, Vilson, Rodolfo e Gilson (Willian Magrão); Rochemback, Adílson, Lúcio e Douglas; Leandro (Borges) e Júnior Viçosa (Lins). Técnico: Renato Portaluppi.

Internacional (3)(5): Renan; Índio, Bolívar e Juan (Zé Roberto); Nei, Bolatti, Guiñau, Andrezinho (Oscar), D'Alessandro e Kleber; Leandro Damião. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Gols: Lúcio (G), aos 15min do primeiro tempo, Leandro Damião (I), aos 31min do primeiro tempo, Andrezinho (I), aos 46min do segundo tempo, D'Alessandro (I), de pênalti, aos 29mim do segundo tempo, Borges (G), aos 36min do segundo tempo. Nos pênaltis: D'Alessandro, Oscar, Bolatti, Nei e Zé Roberto (I); Douglas, Rochemback, Lins e Rodolfo (G).

Cartões amarelos: Juan, D'Alessandro, Zé Roberto, Guiñazu, Índio (I); Victor (G), Vilson, Rochemback, Douglas (G).

Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por Altemir Hausman e Júlio César dos Santos.

Local: Olímpico.


ESTA TERRA TEM DONO

DESTAQUES

ESPECIAL DO CENTENÁRIO:
História Colorada e Fotos Antigas

ENTREVISTA: Delegado Poppe

O INTER NA REVISTA PLACAR

POESIAS COLORADAS


 Clique aqui para adicionar o Supremacia Colorada ao seu leitor de RSS favorito!

ASSINATURA

Receba diariamente o Supremacia Colorada em sua caixa postal!

Cadastre seu e-Mail aqui!

Ou adicione direto ao Google Reader!
Clica Aqui!

CONTATO DIRETO


O Blog Supremacia Colorada é administrado por Tiago Vaz, Conselheiro do Sport Club Internacional. Para entrar em contato diretamente com o administrador do Blog, por favor envie um e-mail para blog.supremacia.colorada no gmail

Leitores e Amigos no Google+

COMUNIDADE


Participe da nossa comunidade no Orkut!

Translate

Marcadores