sexta-feira, maio 21, 2010

Classificação dramática e, literalmente, brigada


Por: Bruno Rodrigues




Confesso que não pude acompanhar o primeiro tempo do jogão. Não foi tão ruim assim, pois acabei sofrendo um pouco menos. Mas a segunda etapa foi terrível. Sorte que pude acompanhar e vibrar com o gol da classificação. Pois um gol no jogo de ida aos 42 minutos do segundo tempo e outro no jogo de volta aos 43 minutos da segunda etapa é teste pra cardíaco.

Sabíamos que seria dramático o jogo. Mas foi demais. Poderia ter sido mais light né Fossati ? ? ?

Eu já havia dito que o time no 3-6-1 não era boa idéia. Mas poderia mudar no decorrer da partida. Certo. Mas e o Taison? Foi a Argentina só a passeio? Claro que não. Punição pelo descontrole no jogo de domingo. Mas deixa pra punir depois, manda ele cortar a grama do Beira Rio durante a Copa do Mundo, não no jogo de volta de uma Semi-Final de Copa Libertadores.

Também alertava pra rivalidade que estava surgindo entre Inter e Estudiantes. Depois das cenas ocorridas no jogo de ontem, com certeza ganhamos mais um rival - E como sempre temos vantagens contra os rivais.

Assisti os lances do primeiro tempo e não faço a mínima idéia do que aconteceu com o time. Meu Deus, que postura era aquela? Um time sem ousadia, recuado, esperando o adversário que era empurrado pela sua torcida, sem boa saida de bola, sem contra-ataque. Sei que a pressão era grande, mas o Inter é Gigante, não pode ter esse tipo de postura.

Em dois minutos dois gols. Que situação delicada. Precisávamos de um gol. E ele veio, mas só no final da segunda etapa, depois de muito sofrer e torcer pra Fossati sair da retranca e mandar o time pra frente. Não tinha outra opção, era marcar ou marcar. Taison pra jogadas rápidas de contra-ataque. Esqueci que ele não ficou nem no banco. É Fossati mostrando que gosta de correr riscos e fortes emoções.

Aos 31 minutos da etapa final o predestinado Giuliano saiu do banco para marcar o gol da classificação. Andrezinho deu assistência perfeita para Giuliano que no meio da fumaça manda para as redes e garante a classificação. Gol aos 43, sem tempo pra reação. Estádio Centenário calado, em silêncio. Calado nada, só a torcida do Estudiantes, pois a torcida Colorada vibrava com gol e a classificação.

Mais uma vez o dever de casa fez toda diferença. Ganhar em casa e não levar gol foi de suma importância, pois o gol marcado fora pesou e muito para a classificação Colorada.

Mais um time Argentino eliminadao pelo Clube do Povo. E desta vez não teve confraternização. Depois de ver a classificação indo embora o Estudiantes apela e faz papel de time pequeno, medíocre. Vieram a Porto Alegre e foram bem tratados, ganharam jantar de confratrenização e lá na argentina retribuiram com socos e ponta pés. Time que tem essa atitude não merece chegar aonde chegou.

O próximo adversário será o São Paulo. Revivendo a final de 2006 com algumas diferenças. Ainda não vi o time do São Paulo jogar depois dos reforços, mas o Inter tem time pra buscar a vaga. As datas prováveis dos jogos será 28 de julho (Beira-Rio) e 4 de agosto (Morumbi). Antes disso temos o Brasileirão e a Copa do Mundo. Quem sabe até não pinta mais um reforço por Colorado das Glórias.

Valeu Inter.

DESTAQUES

ESPECIAL DO CENTENÁRIO:
História Colorada e Fotos Antigas

ENTREVISTA: Delegado Poppe

O INTER NA REVISTA PLACAR

POESIAS COLORADAS


 Clique aqui para adicionar o Supremacia Colorada ao seu leitor de RSS favorito!

ASSINATURA

Receba diariamente o Supremacia Colorada em sua caixa postal!

Cadastre seu e-Mail aqui!

Ou adicione direto ao Google Reader!
Clica Aqui!

CONTATO DIRETO


O Blog Supremacia Colorada é administrado por Tiago Vaz, Conselheiro do Sport Club Internacional. Para entrar em contato diretamente com o administrador do Blog, por favor envie um e-mail para blog.supremacia.colorada no gmail

Leitores e Amigos no Google+

COMUNIDADE


Participe da nossa comunidade no Orkut!

Translate

Marcadores