terça-feira, abril 27, 2010

Um saci incomoda muita gente, a falta dele incomoda muito mais

Postado por Rodrigo Piazzeta

Ganhou as colunas dos jornais a polêmica envolvendo o, digamos assim, arquivamento do mascote colorado, o Saci Pererê.

Precisou que a torcida se mobilizasse para o Internacional informar os motivos do escanteamento do sapeca personagem.

Trata-se, segundo o marketing colorado, de uma questão de princípios politicamente corretos, pois o Saci ostenta um cachimbo em sua boca e tem apenas uma perna.

O cachimbo faria alusão ao crack e outras drogas e o fato de ter apenas uma perna seria um desrespeito com os deficientes físicos ! (Diga isso ao Monteiro Lobato e ele estará, com certeza, se remexendo em sua tumba !!!!!).

O fato é que, realmente, o Saci (mais pelo cachimbo do que pela falta da perna) não é um personagem muito vendável mundo afora, e é evidente que o Internacional está fazendo um esforço hercúleo para reforçar sua marca no exterior (algo louvável visando o futuro sustentável do clube).

Caso semelhante ocorreu com a iniciativa de um grupo de admiradores do Saci Pererê de elegê-lo mascote das Olimpíadas do Rio de Janeiro. A idéia acabou rechaçada pelas autoridades e pela Opinião Pública, alegando os mesmos motivos que o Internacional agora utiliza.

Dessa maneira, é preciso dar certa razão ao marketing do Internacional. A sua intenção parece ser boa, mas como diz o ditado, "de boas intenções o inferno está cheio".

O fato é que a maneira como tudo foi feito, às escondidas, sorrateiramente, não soou bem a ninguém.

Melhor, muito melhor seria se, ok, colocassem lá o macaco escurinho (convenhamos, um macaco chamado escurinho, também não é um exemplo de politicamente correto) para fazer companhia ao Saci Pererê, criando uma série de bichinhos e personagens ligados ao Internacional num grande Sítio do Pica-Pau Colorado.

Mas sempre com o Saci como tema central. E mais, fizessem uma grande campanha de marketing para tirar o cachimbo do saci, mostrando que o Internacional está presente na luta contra as drogas, se alinhando à RBS na sua campanha contra o Crack e fazendo junto a isso uma grande homenagem aos deficientes físicos, mostrando que um dos principais símbolos do Sport Club Internacional não tem uma perna, mas que isso não o impede de ter tamanha importância ao clube.

Utilizando-se de transparência perante a Opinião Pública e, principalmente, ao seu sócio, o Internacional transformaria um fato negativo (o cachimbo do Saci) em algo positivo (uma campanha contra as drogas e de inclusão aos deficientes).

E para exposição da marca do clube no exterior, se utilizaria o famoso mascote junto a todos os personagens a serem criados, inclusive o Escurinho, o que faria com que o impacto de um símbolo tão brasileiro como o Saci, não fosse tão contrastante aos olhos estrangeiros.

O mais irônico de tudo isso é que o próprio Saci Pererê, enquanto mascote do Internacional é uma evolução de um negrinho que era desenhado nos jornais de antigamente.

Será que lá em mil, novecentos e pedrada, a torcida se moblizou tanto contra o Saci e a favor do negrinho?

Fonte> http://fractaisvermelhos.blogspot.com

http://blogs.diariodonordeste.com.br/roberto/wp-content/uploads/2008/11/saci.jpg

DESTAQUES

ESPECIAL DO CENTENÁRIO:
História Colorada e Fotos Antigas

ENTREVISTA: Delegado Poppe

O INTER NA REVISTA PLACAR

POESIAS COLORADAS


 Clique aqui para adicionar o Supremacia Colorada ao seu leitor de RSS favorito!

ASSINATURA

Receba diariamente o Supremacia Colorada em sua caixa postal!

Cadastre seu e-Mail aqui!

Ou adicione direto ao Google Reader!
Clica Aqui!

CONTATO DIRETO


O Blog Supremacia Colorada é administrado por Tiago Vaz, Conselheiro do Sport Club Internacional. Para entrar em contato diretamente com o administrador do Blog, por favor envie um e-mail para blog.supremacia.colorada no gmail

Leitores e Amigos no Google+

COMUNIDADE


Participe da nossa comunidade no Orkut!

Translate

Marcadores