terça-feira, abril 06, 2010

Falcão dá palestra sobre a evolução tática no futebol para a base do Inter

POR: TIAGO VAZ

Tive a grande oportunidade de assistir a palestra "Evolução Tática" ministrada pelo Falcão ontem a tarde no Beira-Rio.
Foi uma grande oportunidade para aprender e conferir o ponto de vista do eterno craque Colorados sobre os principais esquemas táticos utilizados hoje e no passado pelos grandes times de futebol. Fernando Carvalho, que inaugurou a sessão de perguntas e respostas, largou direto uma pergunta desafiadora:

- Falcão, imagine poder contar com os jogadores que você quiser, qual esquema tático você escolheria para o seu time.

E o Falcão responde uma pérola.
- Meu esquema sera o 3-4-3!

Foi o que eu sempre sonhei para o Inter!!!!
O 3-4-3 representa o equilíbrio matemático e lógico necessário para um time de futebol ocupar da melhor forma os espaços dentro das quatro linhas. O grande desafio é ter um time de craques, 10 lendas, uma em cada posição. ... talvez possível só no W11 do PlayStation. Mas que é a melhor formação para um time teórico e hipotético, isso nem eu nem o Falcão duvidamos!

Segue matéria do site oficial do Inter sobre o evento.


Por Marcos Bertoncello (texto e fotos)

Clique para ampliar esta imagem
Fernando Carvalho (E),  Roberto Siegmann e Paulo Roberto Falcão - Clique e amplie a imagem.
Fernando Carvalho (E), Roberto Siegmann e Paulo Roberto Falcão

Para dar continuidade às palestras para os profissionais das categorias de base do Internacional, um novo tema foi abordado pelos organizadores: a evolução tática no futebol. E nada melhor que um conhecedor do esporte, tanto no individual como no coletivo, para discorrer sobre o assunto. Paulo Roberto Falcão, ex-jogador do Inter, ex-técnico e hoje comentarista de futebol na televisão, demonstrou nas palavras a mesma qualidade que tinha nos pés e que o consagrou mundialmente.

A ideia era prolongar o seminário realizado pelo Departamento de Futebol do Inter para sua categoria de base. Na oportunidade, no dia 1º de março, na Ilha do Pavão, em Porto Alegre, treinadores e preparadores físicos conversaram com os presentes, visando a aproximação das divisões do clube e uma troca de experiência importante. Inclusive o técnico Jorge Fossati compareceu. Agora o objetivo foi outro, como explica o coordenador pedagógico da base colorada, Ademir Calovi Costa. "Está é uma nova etapa deste projeto que temos; de maior capacitação. A meta é qualificar nossa metodologia de trabalho e, por isso, resolvemos levantar a questão sobre a evolução tática do jogador nos dias de hoje", esclareceu. Ademir já previa uma proveitosa palestra. "É uma oportunidade ímpar, pois é um grande nome, que tem uma imensa experiência dentro do futebol. Com certeza, um aprendizado especial para nós", projetava.

E o coordenador não se decepcionou. O evento ocorreu no auditório da Fundação de Educação e Cultura do Internacional (FECI), no Gigantinho, que ficou lotado, com cerca de 90 pessoas. O vice-presidente de serviços especializados e assessor de futebol do Inter, Roberto Siegmann, fez a abertura da palestra chamando para compôr a mesa o vice de futebol, Fernando Carvalho, e Paulo Roberto Falcão. Após agradecimentos pela presença do ídolo eterno colorado, Falcão deu início a sua palestra que contou com atenção fixa do público presente: professores, diretores e demais profissionais da base do Inter. Ao final, eles promoveram perguntas e aplaudiram o palestrante pela oportunidade.

Ainda estiveram presentes o assessor de futebol, Giovanni Luigi, o assessor da presidência, Carlos Pellegrini, o auxiliar-técnico do Inter, Guto Ferreira, e os vices de patrimônio, Emídio Ferreira, e de esportes amadores, Roberto Melo.

Análise tática dos times que passou

Falcão deu a largada para o seu discurso agradecendo o convite feito por Ademir Costa e pelo gerente executivo das categorias de base do clube, Jorge Andrade. "Isto aqui é um motivo de muito orgulho. O Inter abriu as portas para mim e realmente eu cresci neste clube. Passei por todas as divisões até chegar ao profissional", relembra. Na sequência, o atual comentarista de TV falou sobre a importância da parte tática no futebol, assunto da discussão, mas não deixou de ressaltar a individualidade, ou seja, o trabalho especial nos fundamentos de cada atleta, detalhe pouco observado hoje em dia segundo ele.


O time memorável do Inter tricampeão brasileiro invicto de 1979

A continuação de seu pensamento levou às análises táticas dos clubes que defendeu. Falcão logo resgatou os times do Inter da década de 70, treinados por Rubens Minelli e Ênio Andrade. Anos em que o Internacional tornou-se tricampeão brasileiro. Auxiliado por gráficos, Falcão revelou o segredo daquelas equipes. Em seguida, já mostrou a formação tática do Brasil de 1982, a tão lembrada seleção de ouro eliminada pela Itália nas quartas-de-final da Copa do Mundo daquele ano. Um time que contava com Zico, Falcão, Júnior, Sócrates e outros grandes jogadores comandados por Telê Santana. "A grande surpresa deste fato foi consequência do que é o futebol. Acontece. Não faltou empenho; não faltou técnica. Tínhamos um excelente Brasil que não venceu. 'Pior para os fatos', como diria Nelson Rodrigues", citou Falcão.

Depois foi a vez do palestrante analisar o time da Roma, da Itália, clube que defendeu nos anos 80 após deixar o Internacional, e até mesmo da Holanda de 1974, do famoso 'Carrossel Holandês'. Por fim, Falcão discorreu sobre a experiência de ser treinador do Brasil, vice-campeão da Copa América em 1991, e abriu para as perguntas do público presente até encerrar sua participação no seminário da base. O ex-jogador ainda foi presenteado com produtos oficiais do Inter, inclusive com uma camisa oficial do clube levando o número 5 às costas e com a grafia do nome de Falcão. "É possível jogar bonito e vencer: ganhar títulos. Tudo é questão de treinamento", concluiu.

As 10 potências econômicas do futebol

Levando em conta o poder financeiro, Falcão aproveitou para debater sobre as equipes da Europa e elencou dez delas para observar os esquemas táticos de cada treinador. Ele chamou a atenção especialmente para a posição da zaga e a grande movimentação dos atacantes, auxiliados por um meio-campo conciso.


Falcão analisa a distribuição em campo dos jogadores do Manchester United, da Inglaterra

Confira abaixo os times selecionados por ele:

Barcelona
Real Madrid
Arsenal
Chelsea
Manchester United
Liverpool
Milan
Inter de Milão
Juventus
Bayern de Munique

> Mais fotos do evento


Vídeo sobre a eliminação do Brasil na Copa do Mundo de 1982


Mais de 80 pessoas compareceram ao evento nesta segunda

 
Falcão, Ademir Costa e Jorge Andrade, na entrada da FECI, no Gigantinho


Fernando Carvalho entrega presente a Falcão pela palestra


Ao final do seminário, o ídolo colorado distribuiu autógrafos e posou para fotos

DESTAQUES

ESPECIAL DO CENTENÁRIO:
História Colorada e Fotos Antigas

ENTREVISTA: Delegado Poppe

O INTER NA REVISTA PLACAR

POESIAS COLORADAS


 Clique aqui para adicionar o Supremacia Colorada ao seu leitor de RSS favorito!

ASSINATURA

Receba diariamente o Supremacia Colorada em sua caixa postal!

Cadastre seu e-Mail aqui!

Ou adicione direto ao Google Reader!
Clica Aqui!

CONTATO DIRETO


O Blog Supremacia Colorada é administrado por Tiago Vaz, Conselheiro do Sport Club Internacional. Para entrar em contato diretamente com o administrador do Blog, por favor envie um e-mail para blog.supremacia.colorada no gmail

Leitores e Amigos no Google+

COMUNIDADE


Participe da nossa comunidade no Orkut!

Translate

Marcadores