sexta-feira, janeiro 22, 2010

No meio do caldeirão vermelho



www.twitter.com/danielahil

To aqui na frente do computador pensando o que escrever nesse primeiro post para a Supremacia Colorada. Que responsa ! Vamos la !

Desde pequenina meu pai me levava nos jogos de futebol. Fui criada numa família mega tradicional e sou a única prima, sobrinha, irmã. Resumindo a única mulher e sempre quis fazer tudo o que meus irmãos faziam.

A minha paixão pelo futebol começou desde que me entendo por gente, porém, nunca imaginei que um dia estaria ali no meio do palco de conquistas e derrotas, no gramado, em outras palavras, no Caldeirão Vermelho chamado : Beira - Rio.

Quando entrei na Pop Rock sabia que faria a Maquina do Cafezinho, que consiste na transmissão super bem-humorada dos jogos da dupla gre-nal. Logo de cara pensei que faria torcida , mas me enganei. Lá estava eu enrolada nos fios, aparecendo “sem querer” na matéria de colegas de outras emissoras, ganhando camisetas dos jogadores, fazendo perguntas inusitadas e criando um apego muito grande ao Sport Clube Internacional. Difícil manter a tal “imparcialidade”.

Vocês não fazem idéia da pressão que é uma partida de futebol. Quando o time surge do túnel com as criancinhas e a massa vai a loucura é indescritível a sensação que sentia. Quantas vezes segurei a vontade de chorar ou ate mesmo tive que me conter na hora do GOLLLLL. O gramado é o mundo das vaidades, do ego, da raça, do sorriso e das lágrimas.

Apenas duas vezes vi outra mulher fazendo reportagem la no Beira-Rio que é minha querida amiga da RBS Débora. Quando ela ia ate não me sentia um E.T, porém, quando dava só os meus cabelos loiros pra la e pra cá era uma mistura de nervosismo com vontade de matar a pau no ar.

No meio dessa caminhada existem diversos episódios que jamais esquecerei: Morria de medo do Celso Roth e perguntei pra ele se procedia a informação de que o mesmo seria um técnico muito bravo. Pensei que ia levar uma resposta grosseira mas na hora h , bati a cabeça na proteção do banco de reservas e ele foi mega gentil e simpático.

Também teve o dia que pedi a meia seca pro Andrezinho, afinal, estava chovendo muito ( inter X flamengo) e eu não queria ficar gripada.

Numa bela tarde de sol o jogo começou e quando me dei conta estava no reservado bem do ladinho do Mário Sérgio, na sombra . Parecia a técnica da equipe.

Tantas coisas que aprontei por la, mas sempre com muito respeito. Aqui no blog tenho a oportunidade de contar que criei um personagem no campo e apesar do bom-humor jamais quis desrespeitar algum colega , jogador ou integrante da comissão técnica.

Tenho muitas coisas para dividir com vocês. Quis contar apenas um pedacinho da minha história profissional, onde, o Internacional ajudou e muito a construir.

Saí da Pop Rock e estréio um programa sábado na Ulbra TV, Cultura Livre. http://www.youtube.com/watch?v=PK685Cqn4m8 e pretendo continuar invadindo os gramados. Estamos organizando uma caravana pra Erechim e se Deus quiser dessa vez tudo em vídeo também.

Deixo aqui o meu salve a todos os colorados que me receberam de coração aberto. Muito obrigada, Dani Hil ( jornalista)

DESTAQUES

ESPECIAL DO CENTENÁRIO:
História Colorada e Fotos Antigas

ENTREVISTA: Delegado Poppe

O INTER NA REVISTA PLACAR

POESIAS COLORADAS


 Clique aqui para adicionar o Supremacia Colorada ao seu leitor de RSS favorito!

ASSINATURA

Receba diariamente o Supremacia Colorada em sua caixa postal!

Cadastre seu e-Mail aqui!

Ou adicione direto ao Google Reader!
Clica Aqui!

CONTATO DIRETO


O Blog Supremacia Colorada é administrado por Tiago Vaz, Conselheiro do Sport Club Internacional. Para entrar em contato diretamente com o administrador do Blog, por favor envie um e-mail para blog.supremacia.colorada no gmail

Leitores e Amigos no Google+

COMUNIDADE


Participe da nossa comunidade no Orkut!

Translate

Marcadores